sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Viagem ao Parque Nacional do Jaú 09/12/11

O Parque Nacional do Jaú esta localizado na Floresta Amazônica do estado do Amazonas, sendo a quarta maior reserva florestal do Brasil, possui uma área de 23.377 km2 administrado pelo ICMBio, esses são alguns dados que não dimensionam o tamanho real da beleza deste lugar. 

Fonte: www.katerre.com 

Fonte: Desconhecida

Já faz algum tempo que desejava conhecer o PN do Jaú, mas infelizmente com o desejo vinha a frustração, pois o parque localizava-se a cerca de 100 km da cidade de Novo Airão, onde em media é cobrado R$ 600,00 para uma voadeira com capacidade para 7 pessoas mais o guia, e nunca conseguíamos formar um grupo que topasse essa aventura.

A oportunidade veio com o convite de um amigo chamado Andre Maués que compartilhava o mesmo sentimento de desejo e frustração, dessa vez para nossa sorte o Andre conseguiu formar um grupo.
Partimos de Manaus as 5:30 hs pela rodovia Manuel Urbano, vale avisar que a rodovia ta mal conservada porem não tem buracos, o problema são os remendos deixando a pista toda desnivelada. Ao chegar no km 80 vire à direita e siga pela rodovia AM-352 que leva até a cidade Novo Airão, a condição da pista ta ótima mas a sinalização assim como da rodovia Manuel Urbano está precária.

Chegamos em Novo Airão aproximadamente as 8:00 hs, nos apresentamos, pois eu particularmente só conhecia o Andre pela internet, depois fomos tomar café da manhã.

Apos o café da manhã fomos para o barco para dar continuidade na nossa aventura, seguimos na embarcação por dentro do Arquipélago de Anavilhanas curtindo a paisagem e boa conversa de nossos novos amigos.
Praia de Pirapiema

Depois de aproximadamente duas horas de viagens de barco, chegamos ao nosso primeiro destino a Praia de Pirapiema, não tem como eu descrever em palavras a beleza desse local, pois na minha opinião essa foi praia amazônica mais bonita que já visitei, nem mesmo as fotos e vídeos podem mostrar a real beleza desse local, além de tudo o sol estava lindo, o que proporcionou belas fotos da praia.






Parque Nacional do Jaú

Ficamos na praia por uns 25 minutos, depois seguimos para o PN do Jaú, para entramos no parque precisamos da autorização do ICMBio em Manaus com no mínimo dois dias de antecedência, paga-se uma taxa diária de 5,50 por pessoa, mais uma taxa única pela embarcação, que varia de acordo com o tamanho da mesma. Tudo é pago através de boleto bancário. O trâmite pode ser todo feito através de troca de email, após o pagamento, eles enviam a autorização de entrada, onde consta os nomes completos e as identidades de todos os integrantes do barco. O mesmo deve ser apresentado no flutuante na entrada do parque.

Até o parque viajamos por 1 h, durante no percurso passamos em frente das ruínas de Velho Airão que pretendíamos visitar na volta. No caminho para o parque o tempo começou a fechar, quando chegamos no flutuante do ICMBio decidimos esperar um pouco pois estava ventando muito. Aproveitamos para comer algo, a comida tem que ser levada pois como se trata de uma reserva quase não existe civilização nesse lugar obviamente não existe restaurante.   


Corredeiras do Riu Jaú 

Assim que o tempo melhorou seguimos viagem, nosso guia não tinha muita noção de tempo perguntamos quanto tempo levaria para chegar nas corredeiras e ele respondeu 30 minutos, os trinta minutos dele foram 50, chagamos na corredeiras, não a que pretendíamos pois o rio ainda tava seco impossibilitando atravessar essa corredeira, o guia disse que a outra era muito mais bonita, tiramos algumas fotos, tomamos um banho e resolvemos voltar pois estava chuviscando muito, a volta demorou 45 minutos, no total foram 95 ida e volta, por esse motivo acabamos não visitando as Ruínas de Velho Airão.



Espelho D’água

Na volta para o flutuante do ICMBio, presenciamos um dos fenômenos mais bonito da Amazônia, apesar de já ter feitos algumas viagens pela região nunca tinha visto o fenômeno de espelho  d’água com tanta perfeição, as águas negras refletem com perfeição a paisagem natural, em alguns momentos fica difícil distinguir o que é reflexo e o que é real.  





Voltamos para o flutuante pegamos algumas coisas que tínhamos deixado e decidimos ir direto para Novo Airão pois já era tarde e chegaríamos de noite e ainda teríamos que dirigir 180 km a noite pois muitos de nos iriam trabalhar no dia seguinte.

Chegamos em Novo Airão as 18:00 partimos as 18:30 para Manaus, não aconselho viajarem a noite, a estrada está mal sinalizada e não possui olhos de gato, em alguns momento fica pior quando tem neblina, mas como diria um amigo meu o que vale é a aventura.   

Resumo 

Gostei muito de ter conhecido o PN do Jaú, valeu a pena para termos noção do que realmente vale apena conhecer, só aconselho a irem ao PN do Jaú se disporem de mais de um dia e entre os meses de janeiro e fevereiro pois se tiver muito seco o barco não sobe o rio por causa das corredeira como foi no nosso caso, segundo nosso guia depois há um trilha para conhecer uma samaúma que é uma arvore gigante da região.

Porém os grandes atrativos dessa região que são as Grutas de Madadá, as Ruinas de Velho Airão e a Praia Pirapiema estão todas fora do parque, e não precisa pegar autorização do ICEMbio e nem pagar taxa para conhecer esses lugares.

Agora que conhecemos o lugar eu aconselharia para quem vai na primeira vez o seguinte roteiro:

Novo Airão / Velho Airão / Grutas de Madadá / Praia Pirapiema / Novo Airão

Dependendo do horário que sair de Novo Airão acho que é possível fazer tudo em até um dia, mas para quem gosta de acampar eu aconselharia dois dias pois vale apena.      

Pretendemos voltar num futuro próximo para conhecemos novos lugares, mas o que mais me agradou na viagem foram as novas amizades feitas, agradeço a todos pelo belo dia que tivemos e espero que nos encontremos logo para uma próxima aventura. 

Abraços.

Contatos:

Guia Reco
Telefone: (92) 99159-9272.

ICMBio
Email: parnajau@gmail.com e telefone: 3232-7040

Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.

Seguidores