segunda-feira, 30 de julho de 2012

Marina do Davi e Passeio pelo Rio Negro/AM

No dia 29/07/2012 fomos conhecer o sitio de uma amiga que fica localizado na comunidade do açaizal no Rio Negro/AM. Como se trata de uma propriedade particular que não é aberta a visitação, esse post tem como objetivo apresentar algumas dicas de possibilidades de passeios partindo da Marina do Davi.

A Marina do Davi fica localizada no Bairro da Ponta Negra – Manaus/AM, logo após o Hotel Tropical. O local não possui uma infraestrutura adequada para o numero de pessoas que utilizam o serviço de transporte do local, além de possuir uma paisagem um pouco esquisita. Uma das grandes dificuldades por exemplo é encontrar uma vaga para estacionar os veículos.

A marina é utilizada como um terminal portuário de lanchas que fazem o transporte de passageiros para diversas comunidades próximas a Manaus, assim como um terminal de ônibus de linha.

A partir da marina é possível fazer alguns roteiros turísticos para fugir da rotina da cidade. Abaixo segue algumas informações. Ainda nesse ano pretendo conhecer alguns desses lugares e sempre que possível vou colocar aqui o link das postagens.


Praia do Tupé

Está localizada no lado direito do Rio Negro, a cerca de 30 minutos de lancha partindo da Marina do Davi, é instituída como Reserva de desenvolvimento sustentável do Tupé.  O acesso é feito somente via fluvial e é preciso acerta com piloto o horário de volta para que ele possa te buscar. A praia possui estabelecimentos que vendem alimentação e uma aldeia indígena que convida os visitam a assistiram algumas apresentações pelo valor R$ 10,00 por pessoa.   


Museu do Seringal

Este museu é o antigo cenário do filme de longa-metragem “A SELVA” do diretor Leonel Vieira. No museu o visitante tem a oportunidade de vivenciar uma época que marcou a historia de toda a Amazônia quando a borracha estava no auge de sua exploração.  


Praia da Lua

A Praia da Lua está localizada a cerca de 10 minutos de lancha partindo da Marina do Davi, a praia é bastante visitada nos finais de semanas pelos moradores da cidade de Manaus/AM como uma opção de lazer. O local possui estabelecimentos que vende alimentação e constantemente tem lanchas para fazer o trajeto de volta para a marina.


Flutuante Recanto do Boto

O Flutuante recanto do Boto fica localizado no Rio Negro seca de 1:30 hs aproximadamente partindo da Marina do Davi. O Recanto do Boto é bastante visitado, pois além de possuir um bom restaurante nele é possível uma interação mais direta com os botos cor de rosa sendo possível nadar com eles. 



Esse passeio é um dos mais conhecidos da região, o encontro das águas do Rio Negro e Solimões é algo que pelo menos todo amazonense deveria conhecer pessoalmente. Além do encontro das águas esse passeio conta com uma visita ao Lago Janauary para observações da fauna e flora de região.  


Comunidade do Livramento

A comunidade do Livramento está localizada na zona rural de Manaus/Am, para chegar até o local é preciso pegar uma lancha e fazer uma viagem de uns 20 minutos com paisagens lindas, o local possui alguns restaurantes. A principal atração do local é o mirante da comunidade, dele é possível se ter uma bela paisagem do Rio Negro.


Foto: Marcus Melo 

Comunidade do Açaizal

Após pegarmos todas as informações necessárias para o blog seguimos na nossa aventura e pegamos uma lancha de linha até a comunidade do açaizal. 


 

Aos poucos vamos nos distanciando da cidade e logo ficamos diante do imenso Rio Negro.



Durante o percurso a lancha vai parando em algumas comunidades para deixar e pegar passageiros, passamos pela Comunidade do Abelha e a Praia da Lua que ainda esta muito cheia.


A viagem de barco já é um atrativo muito bom, além da paisagem do Rio Negro, passamos por dentro de alguns canais e conseguimos ver a floresta de igapó (floresta alagada pelo rio).



As 11:00 hs chagamos ao nosso destino, assistimos  ao jogo da seleção brasileira, almoçamos e depois fomos curtir a paisagem.




Aproveitamos que no local tinha um caiaque e remamos um pouco, além de mergulhamos um pouco para refrescar o calor.




As 16:00 hs resovemos voltar para a cidade de Manaus/AM. Na volta nos sentimos em um terminal de ônibus onde varias pessoal disputam espaço se empurrando para conseguir entrar no veiculo, não existe nenhum tipo de fila, então tomem muito cuidado para entrar na lancha pois é comum ver as pessoas entrando até pela janela.  


Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

3 comentários :

  1. Adorei o post
    Moro em Manaus e tenho muita vontade de conhecer esses lugares maravilhosos

    ResponderExcluir
  2. Oi, estou interessada em conhecer As ruínas de paricatuba porém ir de lancha para aproveitar o pesseio e queria saber mais ou menos o valor da travessia. Alguém poderia me informar?

    ResponderExcluir

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.

Seguidores